Bagagens

Estive tão amargo. De novo, nada trago. Trago velhos contos e alguns versos prontos. Na saudade trago ela Sem falar o quão bela Faz esquecer a amargura Pra toda tristeza tem cura Trago comigo um livro, do qual eu não me privo de ler quantas vezes quiser. Levo comigo onde estiver. Comigo trago histórias, do… Continue lendo Bagagens

Eu ainda não morri

Eu acordei e me senti pressionado contra meu sonho. Na minha cama, o suor se espalhava pelo meu lençol e meu travesseiro já estava no chão. Não lembrava que horas eu havia ido dormir na noite passada, mas aposto que foi algo em torno de 1 da manhã e 3 horas. Junto com meu travesseiro… Continue lendo Eu ainda não morri

As estrelas do céu de um outro alguém

Caminhava em direção ao centro da cidade, para um bar onde eu deveria encontrar meus amigos em uma noite de sábado. Estava escuro já e eu tropecei em um tênis que estava jogado pela calçada. Era um All Star preto. Foi inevitável lembrar dela. Enquanto era mágico, ela vestia sempre o mesmo All Star preto.… Continue lendo As estrelas do céu de um outro alguém