Bagagens

Estive tão amargo. De novo, nada trago. Trago velhos contos e alguns versos prontos. Na saudade trago ela Sem falar o quão bela Faz esquecer a amargura Pra toda tristeza tem cura Trago comigo um livro, do qual eu não me privo de ler quantas vezes quiser. Levo comigo onde estiver. Comigo trago histórias, do… Continue lendo Bagagens

Asa Cansada

Quero ser alguém destemido. Dos medos que poderia ter tido, tive medo de me arrepender. Não aguento levar vida caseira e ficar trancado a vida inteira. Quero viver uma vida arruaceira. Quero sair sem precisar voltar, na brisa fresca e livre pelo ar. Quero que todo lugar seja meu lar. E se um dia voar… Continue lendo Asa Cansada